Home | Bitered

Cultura Pop do mundo.

5 motivos para assistir The Good Place

The Good Place é uma série que no Brasil, está sendo publicada pela Netflix. Está em sua quarta temporada e conta a história de um grupo de pessoas e sua vida após a morte. Isso mesmo você não leu errado: os protagonistas da história estão no Lugar Bom. Vão para o Lugar Bom as pessoas que durante a sua vida acumularam alguns pontos pelas suas boas ações durante a vidas. As suas maldades também contam, descontando pontos desse saldo. No lugar bom estão grandes pessoas que ajudaram em causas sociais ou ajudaram a fundar Ongs de combate a fome ou algo do tipo.

Resultado de imagem para the good place

Até ai está tudo bem o problema é que Eleanor Shellstrop (Kristen Bell) não deveria estar no Lugar Bom. Ela tem total certeza disso, já que foi confundida com uma advogada de direitos humanos que era muito boa. E Eleanor sabe que de boazinha ela não tem nada. Porém, não é depois da morte que ela vai ficar honesta, não é? Ela pede ajuda para sua alma gêmea no pós-vida, Chidi  (William Jackson Harper) um professor de ética, para que ele a ensine a ser uma pessoa melhor. Assim, se ela não for descoberta, não será mandada para o Lugar Ruim. Mas fica difícil quando pessoas perfeitas como Tahani (Jameela Jamil) e sua alma gêmea, Jianyu (Manny Jacinto) moram logo ao lado.

Interessante né então aqui vai 5 motivos para asssistir The Good Place

1. The Good Place é uma ótima comédia

Fazia tempo que eu não encontrava uma comédia igual a essa a série è tão divertida. E não é uma comédia forçada, ainda que as situações possam ser um pouco absurdas. Mas dentro do universo do Lugar Bom, é inteligente e envolvente. Dá para assistir sem nem perceber que os episódios estão passando. Fora que acaba fazendo graça de um assunto bem pesado e não chega a ficar estranho por isso.

2. Janet e Michael

Janet é a assistente do Lugar Bom, interpretada por D’Arcy Carden. E sinceramente?É A Melhor personagem. Ela sabe tudo sobre tudo e é só chamar que ela está lá, pronta para ajudar. Quase como uma versão melhorada da Siri que realiza quase todas suas vontades.  E a personagem foi muito bem construída e dá algumas respostas perfeitas.

Michael (Ted Danson) é o arquiteto e o responsável por tudo que acontece   na vizinhança em que Eleanor e Chidi estão. É a primeira vizinhança que ele arquitetou e apesar de não ser comum que os arquitetos vivam em suas vizinhanças, ele resolve ficar para garantir que tudo vá bem. A presença de Eleanor faz com que essa seja uma missão quase impossível.

3. Não são permitidos palavrões no Lugar Bom

E isso acaba gerando muitas situações engraçadas. O legal é que isso torna a série liberada para todas as idades. Eleanor, como vocês devem imaginar, é adepta de quase todos palavrões existentes. Mas o filtro do Lugar Bom acaba atrapalhando a sua liberdade de expressão. What the fork?

4.  Kristen Bell 

Eleanor Shellstrop não é bem o que a gente pode chamar de heroína longe disso. Mas não há como negar que Kristen Bell interpreta a personagem de forma a fazer com que você se identifique com ela. Entre as coisas de Eleanor, você acaba torcendo por ela, mesmo que ela seja uma pessoa horrível. E muito disso se deve à interpretação da Kristen Bell.

5. A Reviravolta do Final da Primeira Temporada

The Good Place tem ótimas reviravoltas em todos os episódios. É algo muito inteligente do roteiro, que mantém o telespectador envolvido na história. Porém, a reviravolta do último episódio da primeira temporada está um nível acima. Não vou dar spoiler nenhum é muito melhor não saber mas achei sensacional. Não foi algo que eu previa e me pegou totalmente de surpresa. Não só isso, mas deu um gás todo novo para a segunda temporada, que segue com a mesma qualidade.

Todas  temporadas de The Good Place estão totalmente disponível na Netflix. Os episódios da terceira temporada estão sendo liberados na plataforma de streaming um dia depois de sua exibição nos EUA. Ou seja, tem episódio novo praticamente toda semana.



Deixe uma resposta