Moralmente irracional (Gabriel Lira) | INTRO SESSIONS

Moralmente irracional (Gabriel Lira) | INTRO SESSIONS

E talvez seja absurda a noção de moral que lhes fazem julgar-me

Não é comum ver alguém assim

Como assim ?
Assim, tipo a mim

Repleto de ecos e poças de indagações sem fim

Enfim, o que se espera no fim ?

Um novo recomeço, claro.

Quando tudo se corroe e se comprime sem ter noção de espaço

Tornando o forte no fraco
O sujo no lavado

O convicto no desacreditado

Ascendendo-me além do que se era esperado

Quem será capaz de prever ? O que tu julgas, ou o que julga por você ?

Gabriel Lira

Apenas um cara tentando fazer a coisa certa.

Deixe uma resposta

Fechar Menu