Home | Bitered

Cultura Pop do mundo.

Rapper 2 Milly vai processar a Epic pelo uso da sua dança em Fortnite

A Epic Games voltou a ser criticada por apresentar danças no popular game Fortnite sem qualquer menção aos artistas que as criaram, que por sua vez não são compensados ou muito menos citados no game.

Não é a primeira vez que um artista critica a Epic, Chance the Rapper já tinha pedido mais reconhecimento e uma melhor atitude por parte da Epic, mas agora é o rapper 2 Milly que ameaça processar a companhia que criou Fortnite.

Segundo informações da  CBS, 2 Milly ficou espantado quando lhe disseram que a sua dança estava no jogo, e que não sabia e não gostou nenhum pouco de saber.

2 Milly não é um nome muito conhecido a nível mundial, mas tornou-se numa espécie de celebridade nos Estados Unidos da América quando a sua dança “Milly Rock” foi apresentada num vídeo seu, mais tarde copiada por outros artistas e atletas e assim acabou viralizando.

“Todos me diziam, ‘Meu, a sua dança está no jogo.’ Eles na verdade vendem essa dança. É para comprar. Foi quando pensei…nada disso, isto não pode continuar assim  por muito tempo,” disse 2 Milly.

Há muito tempo  que Fortnite: Battle Royale copia movimentos da cultura popular para criar as danças/emotes que vende aos jogadores, uma das principais fontes de receita nesse  jogo que é gratuito.

2 Milly vai processar a Epic Games pelo uso da Milly Rock, mas diz que não está à procura dos milhões, apenas quer proteger o que é seu e ser reconhecido pelo seu trabalho.

“Swipe It”, o emote/dança, conhecido na vida real como “Milly Rock” esteve disponível durante a 5ª Temporada de Fortnite, mas já não o pode ser ganhada ou comprada.

No entanto, os jogadores que o conseguiram comprar, podem continuar usando normalmente

Deixe uma resposta