A Microsoft anunciou os seus resultados financeiros para o trimestre que ficou se encerrou no dia 30 de Junho, isto porque, contrariamente à norma adotada por outras empresas, o ano fiscal da Microsoft começa em Julho e termina em Junho do ano seguinte.
No geral, a companhia está com um desempenho muito positivo, com um aumento de 17 porcento nas receitas para $30.1 mil milhões dos quais obteve um lucro operacional de $10.4 mil milhões, um aumento de 35 porcento em relação ao mesmo período do ano passado.
Na divisão que nos interessa mais, a da Xbox é claro, também há um crescimento favorável, com as receitas marcando um aumento de 39 porcento, o que equivale a $643 milhões. O crescimento é atribuído ao software do Xbox, sobretudo third-party, e serviços.
Satya Nadella, o CEO da Microsoft, teceu declarações em relação aos resultados alcançados pela divisão Xbox, sublinhando que estão  investindo agressivamente em conteúdos, comunidade e serviços cloud.
"Estamos a perseguir a nossa oportunidade expansiva na forma com os jogos são criados e distribuídos, à forma como são jogados e assistidos, ultrapassando dez mil milhões em receitas este ano pela primeira vez. Estamos a investir agressivamente em conteúdos, comunidade, e serviços de cloud em todos os pontos para expandir o uso e aprofundar o envolvimento dos jogadores," disse Nadella.
"A combinação da assinatura do Xbox Game Pass e do Mixer estão a conduzir níveis recorde de crescimento e envolvimento," concluiu o CEO da Microsoft.
Anualmente, houve um crescimento de 8 porcento nos utilizadores do Xbox Live para 59 milhões.
Fechar Menu