Home | Bitered

Cultura Pop do mundo.

Stardust: a vida de David Bowie chegará aos cinemas

“A lua inteira agora
É um manto negro
Oh! Oh!
O fim das vozes no meu rádio
Oh! Oh!
São quatro ciclos
No escuro deserto do céu”

Quem não se lembra desse incrível sucesso? Aposto que muitos já ouviram pelo menos uma vez na vida em alguma roda de violão com os amigos o grande single, Starman, do astro do rock, David Bowie, que morreu de câncer em 2016. Originalmente, Starman, foi escrita e gravada por ele no álbum “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars” de 1972 e no Brasil, ficou muito conhecida como Astronauta de Mármore, sucesso regravado em português pela banda gaúcha Nenhum de Nós, no final dos anos 80, consagrando a banda com um disco de ouro e nos luaus da vida.

Éééé! Como vimos recentemente nos cinemas, as cinebiografias de grandes músicos estão em alta. Uma das maiores bandas da história do rock, Queen, teve sua história contada no filme Bohemian Rhapsody e fez um enorme sucesso de público no mundo inteiro, garantindo a estatueta do Globo de Ouro de melhor ator para Ramil Malek, além de algumas indicações para o Oscar desse ano.

Depois de Queen e Elton John, a vida de David Bowie, será contada no cinemas do mundo inteiro. A Salon Picture, anunciou na semana passada dia 31 de janeiro, que está produzindo um filme que contará um dos momentos mais emblemáticos e frutíferos na vida e na carreira de Bowie. O ano, 1971, o lugar, Estados Unidos.

A história roteirizada por Christopher Bell (The Last Czar), e que será dirigida por Gabriel Range (A morte de George W. Bush) se passa na primeira viagem de David Bowie, aos Estados Unidos, no qual lhe trouxe inspiração para criar dois de seus grandes álbuns lançados naquele mesmo ano, “Hunky Dory”, e “Life on Mars?”. Esse último album plantou sementes para criação do álbum “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars” de 1972, e o lançou definitivamente nas paradas de sucesso do mundo inteiro com o single “Starman”, além de inspirá-lo na criação do seu alter ego, Ziggy Stardust, um personagem fictício do mesmo álbum de 72. Muito dessas influências e experiências vivencidas por Bowie em sua passagem pelos Estados Unidos, pode ser sentida e notada em faixas como “Song for Bob Dylan”, “Queen Bitch” e “Andy Warhol”.

David Bowie e Jhonny Flynn (Foto: Reprodução e Divulgação)

O filme terá como protagonista o ator Sul-africano Johnny Flynn no papel de David Bowie, que além de ator conhecido pelos papéis nas séries Genius e Lovesick, também é músico. O elenco contara com a atriz Jena Malone de Jogos Vorazes e Marc Maron. A produção que tem previsão de ser filmada em junho desse ano, ainda não tem uma data certa de lançamento que pode ocorrer entre 2020 e 2021.

Deixe uma resposta