Home | Bitered

Cultura Pop do mundo.

Review | Leal: Visceral (2019)

FOTO DE CAPA: Mário Neves @mxrioneves

No dia 23 de julho, o membro Mc Leal do grupo “Primeiramente” lançou seu primeiro álbum solo intitulado Visceral, contendo 15 faixas e a grande maioria com participações de outros Mc’s, mas vamos falar deles mais tarde. O disco acabou ficando bem completo com rap de mensagem, trap e com direito até a Love Song com a faixa “Viciado”.


Visceral, pelo menos pra mim foi uma ótima surpresa neste ano de 2019, um ano incrível para o rap com ótimos álbuns e singles saindo. No meio de tantos artistas e tantas músicas saindo eu acabei até mesmo esquecendo de Visceral, até que parei pra ouvir e com certeza valeu muito a pena, na primeira vez que ouvi foi até difícil escolher uma preferida que se destacasse das demais.
O álbum que já conta com diversos versos incríveis durante todas as faixas também tem uma produção ótima, e os principais responsáveis disso sendo TH e o Riff, que fizeram muitos dos beats e trabalharam na mixagem, alem do DJ Murilo que foi assistente no mix e o Léo Grijó responsavel pela masterização; Além deles tambem participaram da produção o DJ Fire, Hélio Crunk e MURA.


Um outro ponto muito forte do são suas participações, Leal soube escolher muito bem quem participaria de cada faixa, com cada feat casando muito bem. Das 15 faixas do disco, 10 dessas faixas tem participações incluindo L7nnon, Choice, Sant , entre outros como os membros de seu grupo; Pra mim o feat destaque foi outra surpresa, o Mc Vietnã que veio com um verso incrível, e também teve o verso do Gali que é membro do mesmo grupo que Leal.
Enfim, posso dizer que o álbum ficou muito bom, com qualidade em rimas, em produção e em feats, bem completo em todos os aspectos. É um forte candidato a estar entre os melhores do ano, agora vamos falar um pouco sobre algumas faixas.

Faixa 08 - Visceral

Visceral, faixa que leva o nome do disco, nessa faixa Leal fala bastante sobre a midia, e como manipulam informações do modo que seja mais conveniente. Leal no refrão até cita que o que ele realmente queria era falar de amor, mas já que a midia não fala sobre o necessario, Leal faz isso em seus versos.

Faixa 09 - Flashback

Flashback, minha faixa favorita do álbum tanto pelos versos de todos os Mc’s que participam dela, tanto pela tecnica usada por esses Mc’s, e sem esquecer do beat é claro.
Em seus versos apesar de cada músico passar sua própria visão falando de experiencias próprias de sua vivencia, eles conseguem manter um mesmo tema durante toda a música, falando sobre alguns casos que acabam se repetindo diversas e diversas vezes, como por exemplo moradores de comunidades por não verem outros caminhos e acabam entrando para o mundo do crime.

Faixa 12 – Viciado

Essa faixa me chamou muito a atenção, Leal quase sempre vem com um rap de mensagem, com varias críticas ou tentando fazer quem escuta seu verso parar para refletir sobre algo, mas não nessa faixa; Essa é simplesmente uma Love Song, foi uma quebra meio inesperada no meio desse álbum,mas no fim uma ótima supresa e se tornou a faixa que eu mais ouvi.